DestaqueNacional

O Estado terceirilizou até o SISE

A uma pergunta de insistência sobre a pertinência de se criar empresas de natureza privada para assumirem matérias da defesa e segurança, o declarante respondeu que o Estado já terceirilizou muita coisa. Até o SISE, através da Kroll, uma empresa de espiões estrangeira.
Adiante disse que não se iria pronunciar sobre matérias de segurança porque muito já foi dito neste tribunal.

“Não se devia fazer isso. Temos que defender a nossa soberania e uma das formas de fazer é resolver os nossos problemas. Desta vez decidiram fazer de outra forma, tudo bem”.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo