DestaqueNacional

Não havia clareza do número de radares costeiros e seu alcance

Para além das inquietação relativa aos radares móveis, que podiam ser transportados por via terrestres para uso em cidades, Arlindo Ngale disse que no Contrato de Fornecimento também não havia clareza sobre o número de radares costeiros e seu alcance.

“Seria necessário incorporar elementos cruciais inerentes aos radares costeiros, navios e período de implementação”, disse.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo