DestaqueNacional

Não assumo coisas que não existem

“Não posso assumir coisas que não existem, que não fazem sentido”, afirmou o réu sobre a troca de um e-mail cujo conteúdo tem a a ver com a empresa SOMONAV. 

“Não envio e-mail de serviços através de endereço pessoal, disse, argumentando que alguém estava falar dele, até porque, usa-se a terceira pessoa do singular”. 

Onde estão as respostas de Armando Ndambi para mim?”, questionou. 

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo