Nacional

Município de Vilankulo alarga rede de abastecimento de água

Mais de cinco mil pessoas no Município de Vilankulo, norte da província de Inhambane, passarão a consumir água potável ainda este semestre na sequência da entrada em funcionamento de dois pequenos sistemas de abastecimento do precioso líquido.

Os dois sistemas cuja construção é suportada pelas autoridades municipais, que para o efeito desembolsaram pouco mais de dois milhões e quinhentos mil meticais, estão a ser implantados nos bairros Alto Macassa e 5º Congresso, com graves problemas de falta de água potável.

As obras estão numa fase avançada, tendo terminado o trabalho da abertura de furos estando em curso a extensão da rede e aquisição de tanques.

Abílio Machado, Presidente do Conselho Municipal de Vilankulo, disse  que a entrada em funcionamento dos dois sistemas ira contribuir significativamente para o aumento dos níveis de disponibilidade de água potável aos munícipes, em particular aqueles que residem nos bairros abrangidos pelo projeto dos dois sistemas.

A fonte salientou que, ao nível dos nove bairros da autarquia de Vilankulo, Alto Macassa e 5º Congresso, são os que apresentam baixos níveis de cobertura dai as acções em curso visando elevar a taxa.

Machado acrescentou que esforços estão a ser desenvolvidos na perspectiva de encontrar financiamento para custear actividades que visam aumentar o número de fontes de abastecimento de água em todos bairros.

Além de água canalizada, as autoridades municipais de Vilanklulo aposta na construção de bombas manuais para garantir água potável aos munícipes.
Durante a campanha eleitoral que culminou com a nossa eleição, prometemos aos munícipes alargar as redes de energia elétrica e de abastecimento de água potável, um compromisso que deve ser honrado” enfatizou Abílio Machado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo