Nacional

Matola reabilita campos comunitários

O Conselho Municipal da Matola está a registar e reabilitar campos de futebol em diferentes bairros daquela autarquia. A empreitada foi confiada à empresa Inter-Auto, no quadro dum Memorando de Entendimento rubricado recentemente com a edilidade da Matola.

A iniciativa do Conselho Municipal visa, primeiro, proteger os recintos desportivos de interesses alheios à prática de futebol, e, segundo, proporcionar uma prática da modalidade em recintos adequados.

O Município da Matola tem vários campos espalhados pelos bairros, no entanto, não estão registados como tal, por isso, não possuem o respectivo Direito de Uso e Aproveitamento da Terra (DUAT).

Esta situação propicia que indivíduos movidos por outros interesses ocupem, amiúde, os espaços para outros fins não desportivos, algumas vezes com colaboração de estruturas locais.

É com o objectivo de estancar esta prática que está em curso o recenseamento dos campos e consequente registo como recinto desportivo da comunidade.

A acção conta com a colaboração de núcleos desportivos dos bairros, postos administrativos e a própria direcção do Conselho Municipal.

Segundo Calisto Cossa, presidente do Município da Matola, a ideia é que cada um dos 42 bairros daquela autarquia tenha pelo menos um campo de futebol registado em nome da comunidade.

– Não queremos no futuro gerir questões de disputa de espaços desportivos envolvendo as comunidades e investidores. O registo e apresentação pública à comunidade são fundamentais para evitar esse fenómeno no futuro.

O edil da Matola ajuntou que a edilidade está a criar condições básicas para a prática de futebol nos bairros, considerando que as condições dos campos podem motivar mais gente a praticar a modalidade.

Estamos a delimitar, nivelar e vedar alguns campos. Nesta primeira fase são seis e vamos replicar a iniciativa noutros bairros da Matola– indicou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo