Nacional

Maputo e Matola ligados por estrada circular

Dentro dos próximos seis meses, as cidades de Maputo e da Matola deverão estar completamente ligadas através da Estrada Circular, um empreendimento que se encontra numa fase avançada de construção.

 Orçado em 315 milhões de dólares, dividido em seis troços, somente em meados do próximo ano é que as obras deverão estar definitivamente concluídas, podendo representar uma espécie de “alívio” em termos de mobilidade para a Estrada Nacional Número Um.

As obras, que inicialmente deveriam ser concluídas neste mês de Dezembro, somente deverão ficar concluídas em Junho de 2015, estando a cargo do empreiteiro chinês CRBC (China Road and Bridge Company).

Factores ligados aos processos de reassentamentos e indemnização de famílias abrangidas pelo traçado da via são apontados como estando na origem do atraso para a conclusão do empreendimento.

Com a construção definitiva da obra, o tráfego proveniente da fronteira de Ressano Garcia não terá a necessidade de ser processado através da Estrada Nacional Número Um, podendo ligar Tchumene e a Vila Olímpica, no bairro de Zimpeto.

Este mega-empreendimento, que terá o seu epílogo com a construção da futura ponte que atravessará a baía de Maputo, assim como uma ponte de raiz ligando Marracuene e Macaneta, nas margens do rio Incomati, na província de Maputo.

Este projecto compreenderá a reabilitação a nove ruas na vila-sede do distrito de Marracuene, numa extensão de 3.4 quilómetros, representando um dos aspectos de destaque no ano que está prestes a findar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo