DestaqueNacional

Manifestantes paralisam Xinavane

O posto administrativo de Xinavane, no distrito da Manhiça, província de Maputo, esteve praticamente paralisado na manhã de hoje na sequência de uma manifestação popular.

Os manifestantes exigiam a soltura de sete trabalhadores da Açucareira de Xinavane detidos, ontem, pela Polícia da República de Moçambique, alegadamente por desacatos durante uma greve exigindo melhoria das condições de trabalho naquela fábrica.

Com efeito, os manifestantes ergueram barricadas impedindo, deste modo, a circulação de carros, pessoas e bens, além de se terem amotinado junto ao posto policial local.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo