Nacional

Mais de 250 mil alunos estudam sentados no chão

O ano lectivo escolar arranca com 252 mil alunos sentados no chão devido a insuficiência de mobiliário escolar em Manica. Para cobrir as necessidades, o sector de Educação necessita dum universo de 42 mil carteiras.

 

Maior parte dos alunos assolados pela situação é do nível primário do primeiro e segundo grau (1ª a 7ª classe). As escolas localizadas nos distritos são as mais afectadas, segundo deu a conhecer o director provincial de Educação e Desenvolvimento Humano, em Manica, Estêvão Rupela.

Rupela, que falava na cerimónia solene de abertura do ano lectivo no regulado de Chibata, distrito de Vanduzi, disse que nos últimos três anos este problema vem sendo resolvido gradualmente com apoio do sector de Agricultura.

Refira-se que com apoio directo deste sector, as escolas já receberam 9 mil carteiras novas em Manica durante três anos no quadro do aproveitamento da madeira apreendida durante o contrabando .

Para Estêvão Rupela, esta iniciativa está trazer resultados satisfatórios. Muitas crianças deixaram de receber aulas no chão nos últimos anos. Esforços continuam a ser envidados para que a curto ou médio prazo, o problema seja decisivamente superado.

CHUVA DESTRÓI

27 SALAS DE AULA

Num outro desenvolvimento, o director provincial de Educação e Desenvolvimento Humano em Manica referiu que outro constrangimento do sector relaciona-se à destruição de salas de aulas pela chuva que tem estado a cair.

Em toda província, 27 salas de aulas ficaram sem tecto afectando cerca de mil e 525 alunos de diferentes subsistemas de ensino.

Os distritos de Báruè, Gondola, Vanduzi e cidade de Chimoio foram os mais afectados pelas intempéries. Para minimizar o problema, o sector de Educação criou nas zonas afectadas oito centros de ensino à distância que poderão absorver maior parte destes alunos afectados.

Esta iniciativa será implementada até a reabilitação dessas salas, cuja reconstrução está ter lugar em alguns distritos.

No ano lectivo 2015, o sector de Educação em Manica conta com mais de 590 mil alunos dos quais 431.015 do ensino primário do primeiro e segundo grau (1ª `a 7ª classe); 48.120 da 8ª a 10ª classe e 12.964 do segundo ciclo (11ª e 12ª classe). O ensino técnico profissional básico contará com três mil e 798 estudantes, enquanto 73.275 frequentarão a alfabetização e educação de adultos.  

Domingos Boaventura

mingoboav@gmail.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo