DestaqueNacional

Mais de 2000 oficiais passam a reserva

Um total de 2011 oficiais superintendentes da Polícia da República de Moçambique (PRM) distribuídos em diferentes pontos do país, passou hoje a reserva em efectivação. Trata-se de quadros do Ministério do Interior, alguns quais formados em Nachingueia, outros do primeiro a sexto de Matalane, provincia de Maputo.
O comandante-geral da PRM, Bernardino Rafael, disse, hoje, na cidade de Maputo que os membros que  passaram a reserva deverão prestar serviços na corporação quando forem solicitados durante os próximos seis anos.

O comandante-geral disse ainda que a reserva é um processo irreversível. Nos próximos dias a sua direcção vai preparar propostas para outros 894 membros que devem  passar para a reserva.
Ainda no próximo ano arranca o processo de levantamento de dados sobre a dinâmica de idade e capacidade de servir o país dos quadros formados a partir do sétimo curso da PRM.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo