DestaqueNacional

Magude acolhe centro de combate à caça furtiva

Um centro regional de coordenação de operações conjuntas contra a caça furtiva vai ser hoje inaugurado, no distrito de Magude, na província de Maputo, acto enquadrado na celebração do Dia Internacional do Fiscal da Flora e Fauna Bravia, que decorre sob o lema “Promovendo a Participação Activa da Mulher na Fiscalização da Biodiversidade”.

A cerimónia será dirigida pela ministra da Terra e Ambiente, Ivete Maibaze, e será marcada pela premiação dos melhores profissionais de 2022, no âmbito do Fundo de Apoio aos Fiscais, que visa reconhecer, motivar e recompensar a bravura e dedicação daqueles que actuam nas áreas de conservação públicas e privadas de Moçambique.

O evento contará também com a presença do Governo da província de Maputo, parceiros de cooperação, sector privado e quadros da Administração Nacional das Áreas de Conservação (ANAC).

Destaque-se que o fiscal é o agente que fiscaliza os recursos florestais e faunísticos. A Federação Internacional de Fiscais define-os como guardiões importantes da biodiversidade e dos ecossistemas.

Trabalham no meio de uma diversidade de ambientes na protecção de recursos, dos quais todos dependem (água limpa e ar), enfrentando todo o tipo de ameaças. Leia mais…

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo