Nacional

M’tumuke movimenta quadros

·Irmão de Dhlakama assume comando de reservistas

Para refrescar quadros e imprimir maior dinâmica do sector de Defesa Nacional, o Ministro da Defesa Nacional, Atanásio Salvador M’tumuke exonerou e nomeou semana finda novos quadros para diversos cargos .

Deste modo, em despachos separados,  M’tumuke mandou cessar de funções o brigadeiro Ramiro Ramos Tulcidásdo cargo de Inspector do Ramo da Força Aérea; o brigadeiro Messias André Nipossodo cargo de Comandante do Comando de Reservistas; o brigadeiro Miguel Agostinho Milicedo cargo de Vice-Comandante do Serviço Cívico de Moçambique e o tenente-Coronel Hermínio Mepameiado cargo de Assessor Jurídico do Comandante do Serviço Cívico de Moçambique.

O ministro da Defesa Nacional exonerou ainda delegados dos Centros Provinciais de Recrutamento e Mobilização de Gaza(coronel Alice Machiane Nhamuave); de

Nampula(tenente-coronel Carlos Lâmina); de Sofala(tenente-coronel Carlos Michon Nhekwe) e da província de Maputo ( Tenente-coronel Joaquim Mangame).

Noutros despachos separados nomeou o brigadeiro Ramiro Ramos Tulcidáspara o cargo de Inspector-geral de Defesa; o brigadeiro Messias André Nipossopara o cargo de Vice-Comandante do Serviço Cívico de Moçambique; o coronel Elias Macacho Marceta Dhlakama para o cargo de Comandante do Comando de Reservistas; ocapitão de Mar e Guerra Agradecido Vicente Sitoepara o cargo de Director do Gabinete Jurídico do Ministro da Defesa Nacional e  o tenente-coronel Hermínio Mepameiapara o cargo de Comandante da Unidade de Produção de Namialo pertencente ao Serviço Cívico de Moçambique.

No ciclo de movimentações, o Ministro da Defesa Nacional nomeou os seguintes Delegados dos Centros Provinciais de Recrutamento e Mobilização:

tenente-coronel Carlos Michon Nhekwe (Gaza); tenente-coronel Joaquim Mangame (Nampula);  tenente-coronel Carlos Lâmina(Sofala) e  Irene Eurósia Cesário (província de Maputo).

No acto de empossamento, o Ministro da Defesa Nacional saudou o Presidente da República e Comandante-Chefe das Forças de Defesa e Segurança, Filipe Jacinto Nyusi por dedicar toda a sua sabedoria e energia à causa moçambicana de luta pelo desenvolvimento, pela consolidação da Unidade Nacional, pela Paz, e pelo bem-estar do povo moçambicano.

Seguidamente apelou maior empenho e dedicação no sentido de obter maiores resultados em tempo útil e aplicarem-se ao máximo na busca de soluções para diferentes desafios no exercício das suas funções.

Referiu que “as mudanças e os desafios exigem que em cada momento nos reorganizemos de forma adequada e eficiente para que, com a devida eficácia, possamos conseguir resultados que contribuam para a materialização dos objectivos que norteiam a nossa instituição, um dos quais, a missão perene de defender a Independência Nacional, preservar a Soberania e Integridade territorial e garantir a segurança dos cidadãos e o funcionamento normal das instituições do Estado e privadas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo