DestaqueNacional

Já imaginou carregar telemóvel à distância?

A Motorola anunciou uma parceria com a Guru Wireless para desenvolver soluções de carregamento de telemóveis sem fios à distância.

Do lado da Guru, há o compromisso de cumprir os “rigorosos requisitos de qualidade e eficiência energética”, embora não tenham sido revelados os verdadeiros contornos e objectivos desta parceria.

A Guru tem uma tecnologia, o Guru RF Lensing, que descreve como “uma tecnologia própria que revoluciona a experiência do consumidor e ajuda a remover a alimentação eléctrica enquanto preocupação constante. Os módulos miniaturizados patenteados da Guru permitem aos dispositivos ser alimentados à distância através de uma transferência precisa de energia”.

“Inovação sempre fez parte do ADN da Motorola. A empresa há muito que enriquece as nossas vidas com o ecossistema de dispositivos inteligentes e soluções”, descreve Florian Bohn, o CEO da Guru.

Já houve várias abordagens, de diferentes empresas, no sentido de desenvolver uma solução que permita carregar a bateria de equipamentos à distância, mas nenhuma tem conseguido destacar-se e ser implementada em grande escala. A Xiaomi, com o Mi Air Charge, por exemplo, anunciou potencial para carregar remotamente a bateria de vários dispositivos à distância.

AIRPODS VÃO PODER MONITORIZAR SINAIS BIOLÓGICOS

Segundo o Wall Street Journal, a Apple está a estudar formas de incluir nos AirPods funcionalidades relacionadas com a saúde, complementado assim o Apple Watch. O reputado jornal terá tido acesso a documentos da Apple onde é mencionada a inclusão de sensores para medir a temperatura corporal e a postura do utilizador. Também é mencionado um sistema de amplificação de som externo, mas não é claro se esta funcionalidade será nova ou está relacionada com o Conversation Boost que a Apple lançou a semana passada para os AirPods Pro (amplifica o som de pessoas que estejam a conversar com o utilizador).

No entanto, fontes do Wall Street Journal terão indicado que ainda não foi decidido se estas funcionalidades serão integradas e, mesmo que avancem, não serão lançadas no próximo ano.

Exame Informática

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo