DestaqueNacional

Houve trocadilho na definição da dívida

Criatina Matavele fez saber que a Direcção Nacional do Orçamento (DNO) mandou uma carta a informar que o Estado assumia uma parte de 350 milhões de dolares de dívida da EMTUM, quando o valor total era de 850 milhões. Para justificar, a DNO teria alegado que a parte assumida correspondia a questões de utilidade pública.

“Em Julho de 2015 foi-nos informado que havia uma inversão da dívida e que o Estado passaria a assumir 500 milhões e a EMATUM ficaria com 350 milhões”.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo