Nacional

Hidrocarbonetos geram maior ao Estado

O Estado coletou pouco mais de 100 milhões de dólares em 2011 em Imposto Sobre o Rendimento das Pessoas Coletivas, sobre a Superfície, sobre a Produção Mineira, sobre a Produção de Petróleo, dentre outros .

A informação, tornada publica no 4º Relatório da Iniciativa da Transparência na Industria Extractiva (ITIE), revelou que apesar de se ter notado uma diminuição de empresas do sector de óleo, gás e mineração que reportaram pagamento, as receitas do Estado aumentaram em 59% comparativamente ao ano de 2010. E este facto revela um crescimento deste sector, pese embora a indústria de extração mineira contribua ainda em 2% no Produto Interno Bruto (PIB) de Moçambique.

Uma análise das receitas reportadas pelo Estado, por área, permite verificar que embora a área de hidrocarbonetos tenha um número de empresas inferiores a área mineira, esta continua sendo a maior contribuinte para as receitas do Estado contribuindo nas receitas do Estado com 69% (um pouco mais de 70 milhões de dólares) contra 31% (um pouco mais de 30 milhões de dólares) do sector dos minerais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo