DestaqueNacional

Há 41 anos regime do “apartheid” atacava Matola

Um comando de militares “boers”, preparado pelo então regime do “apartheid” que vigorava na vizinha África do Sul, bombardeou no dia 30 de Janeiro de 1981 residências, ceifou a vida de 17 pessoas e deixou um rasto de destruição na cidade da Matola. Passam, hoje, precisamente 41 anos.

Moçambique não foi o único a sofrer ataques e sabotagem por parte do regime do “apartheid”. Quase todos os países da África Austral foram invadidos por comandos “boers”.

As infra-estruturas destruídas eram ocupadas maioritariamente por activistas do ANC. Eram moradias disponibilizadas pelo Estado. A partir das residências, eram desenhadas acções estratégicas na luta contra o regime do “apartheid”. Leia mais…

TEXTO DE BENJAMIM WILSON

benjamim.wilson@snoticicas.co.mz

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo