Nacional

Guebuza apela à maior relevância do ensino superior

O Presidente da República, Armando Emílio Guebuza, disse que a educação em Moçambique deve contribuir no alargamento  dos horizontes do graduado, sobretudo daquele que veio ao campus

 para não se dar satisfeito apenas com o salário em razão do novo titulo que ostenta.

Falando sexta-feira em Maputo durante a cerimónia de inauguração do campus da Universidade Politécnica, o estadista moçambicano referiu que a educação deve igualmente reforçar a sua capacidade de preparar aqueles que se formam em áreas não previstas nas suas instituições laborais para usarem essa formação para melhorar o seu desempenho e o da sua instituição.

A inauguração do Campus da Universidade Politécnica marcou a abertura do ano académico da Universidade Politécnica. O Presidente da República salientou, na ocasião, que o capital humano estabelece uma relação permanente entre a educação, a produtividade e rendimento.

“Ao proporcionarmos oportunidades para que um número cada vez maior de moçambicanos tivesse acesso à educação, desde os primórdios da nossa Luta de Libertação Nacional e depois da Independência Nacional, estávamos não só a criar bases para os sucessos que almejamos desejável de combate a mão-de-obra estrangeira e contra subdesenvolvimento como também tínhamos por objectivo devolver a dignidade que nos fora negada por cinco séculos”, referiu o Chefe do Estado.

Guebuza disse ainda que a expansão e acesso equitativo do ensino superior, com padrões internacionais de qualidade e relevância, garantirão o acesso de cada vez mais moçambicanos nas diversas áreas como Ciências Agrária, Biomédicas, Naturais, Tecnológicas, Engenharia, Gestão, bem como nas áreas transversais como Ambiente, Biotecnologia, Ciências, Sociais e Humanas, Educação e Línguas.

Sublinhou que a educação deve forjar valores nobres, entre os quais a auto-estima e a Unidade Nacional. “A Universidade Politécnica deve combater o espírito de mão-estendida e incutir nos estudantes a crença nas suas capacidades de transformar, para melhor, a vida da comunidade, usando o conhecimento adquirido no campus”, apelou.

A construção e o apetrechamento do campus universitário custaram 320 milhões de meticais, correspondente a 12 milhões de dólares norte-americanos. 

Desde 1996 que o projecto do ISPU, inicialmente, A Politécnica depois, tem vindo a agregar ao seu percurso elementos que cada vez mais enriquecem as actividades para atingir os objectivos para os quais foi criado.

De ponto de vista histórico, olhando para a trajectória de 17 anos e com a construção e apetrechamento de novo edifício de campus, verifica-se um grande incremento no sentido da modernização das instalações.

A Universidade Politécnica começou, como é natural, pelas salas de aulas, poucas, nem meia dúzia, mas logo no ano seguinte verificou-se que não bastava as salas de aulas que possuía, nem era suficiente a biblioteca que tinha, com um laboratório de informática devidamente equipada.

Verificado o crescimento já não cabia apenas limitarem-se na cidade de Maputo. Expandiram o seu estabelecimento de ensino para outras províncias, nomeadamente Tete, Nampula, Quelimane e Nacala, mas levando consigo a mesma serenidade de criar a infra-estruturas para educar o homem no conforto e comodidade.

Por sua vez, o respectivo reitor, Lourenço de Rosário disse que a Universidade é o espaço onde se exige sobretudo muita criatividade em quanto constitui concepção, estratégia e execução de plano de actividades para atingir os seus objectivos.

Porém, todos os cursos ministrados naquela instituição estão orientados para o mercado de trabalho, com vista a responder as necessidades nas diferentes áreas socioeconómicas.

Para garantir a qualidade de formação, estamos desenvolver um ensino centrado no estudante de modo a permitir que o mesmo tenha uma participação activa na construção e consolidação do seu conhecimento, disse o reitor.

Durante abertura do ano académico o reitor considerou o acontecimento como reflexo de desenvolvimento numa altura em que proporciona ao país uma qualidade de ensino aos estudantes, criando os meios para que os mesmos estudem em melhores condições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo