DestaqueNacional

Governo prorroga decreto sobre situação de calamidade pública 

O Presidente da República acaba de anunciar a prorrogação, por mais 30 dias com efeitos a partir de 21 de Dezembro de 2021, do decreto nº 86/21, de 25 de Outubro, sobre a situação de calamidade pública no âmbito do combate à covid-19  

No geral são mantidas todas as medidas do decreto agora em vigor com algumas excepções, nomeadamente a proibição total de visitas aos reclusos e a diminuição de dois para um aos internados nos hospitais. 

Segundo Filipe Nyusi, que se dirigiu esta tarde à nação no âmbito da situação de calamidade pública devido à covid-19, fica suspenso o recolher obrigatório nos dias 24 e 31 de Dezembro de 2021 para permitir que as famílias possam passar as festas em comunhão. 

Estas medidas são anunciadas numa altura em que o país regista um aumento da taxa de positividade da Covid-19 de 0,4 por cento, nas últimas semanas para 24 por cento actualmente, com a região Sul a ser considerada a mais afectada. 

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo