Nacional

Falta de espaço dificulta a expansão dos serviços

A falta de espaço para a construção de quartéis e de vias de acesso para os bairros das diferentes cidades do país preocupa as autoridades do sector de salvação pública.

Como consequência da falta de espaço os vários quartéis que estão sendo montados funcionam em instalações emprestadas e de forma provisória

domingosoube do porta-voz de SENSAP, que a preocupação já foi apresentada às autoridades municipais ou distritais, estando à espera da resposta vinda das autoridades governamentais.

Esta situação inviabiliza o desejo da corporação de salvação pública que consiste em ter instalações próprias e homens disponíveis em cada distrito urbano.

“Achamos que é imperioso estar perto da comunidade, porque estando longe delas será difícil intervir prontamente os incidentes que ocorrem nesses locais”, disse, David Cumbane, acrescentando que os Serviço Nacional de Salvação Pública dispõe de vários tipos de ambulância, subaproveitados devido a falta de acesso a alguns bairros.

“ Lembro-me uma vez que tínhamos de trabalhar num dos bairros da cidade capital e fomos obrigados a demolir muro de quintal de algumas famílias para chegar ao local onde havia um incêndio. É constrangedor. É preciso que haja uma reestruturação dos bairros”, frisou.

O nosso entrevistado recordou que houve momentos em que o efectivo chorava devido a falta de meios, algo que diz já foi solucionado.

Com efeito, o Serviço Nacional de Salvação Pública recebeu recentemente um número não especificado de ambulâncias, meios que brevemente serão encaminhados para algumas províncias do país.

 

Legendas:

 

Foto 1 – Para um combate eficaz aos incêndios, os bombeiros estão a espalhar-se pela cidade de Maputo, possuindo actualmente cinco quartéis

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo