DestaqueNacional

“Estou indignada com acusação do MP”

Maria Helena Taipo manifestou indignação com a acusação do Ministério Público (MP) quanto a alegada autorização indevida de receitas consignadas, principalmente de taxas de contratação de mão-de-obra estrangeira.

Respondendo a uma questão da advogada da co-ré Anastácia Zitha, disse estar pessoalmente indignada dado que nada foi feito sem que tenha havido previa planificação.

Acrescentou que o uso das receitas consignadas carece de autorização exclusiva do Ministério das Finanças, tendo sido dentro desta condição que se procedeu.

“O que fizemos foi um plano de utilização. Não sei com que fundamento o MP se baseou para produzir a acusação”, disse.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo