Nacional

ENH capacita técnicos em petrofísica

Técnicos da Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH) e do Instituto Nacional de Petróleos beneficiaram recentemente de um curso de Análise Petrofísica e avaliação de reservatórios visando a sua especialização nessa área específica.

Trata-se de técnicos dos pelouros de Pesquisa e Produção das duas instituições, que, no âmbito da formação, tiveram oportunidade de aprofundar os seus conhecimentos na área de petrofísica e avaliação de reservatórios convencionais e não convencionais.

 O Administrador do pelouro de Pesquisa e Produção, Paulino Gregório, disse que a formação se enquadra no plano da ENH de especializar os técnicos com vista a responderem melhor aos desafios da empresa e do país na área de pesquisa e produção de hidrocarbonetos.
Gostaríamos de apelar aos colegas para aproveitarem os conhecimentos transmitidos neste curso porque hoje em dia é difícil ter uma formação específica em engenharia petrofísica e esta é uma área muito importante para as nossas actividades no sector de hidrocarbonetos”, referiu Gregório.

Em relação a formação, os técnicos consideram que a mesma contribuirá na melhoria do desempenho das suas actividades diárias.

Por sua vez, Rosália Muocha, do INP, disse que “esta formação será uma mais-valia nas minhas actividades diárias. Por exemplo, já sei fazer uma melhor análise e interpretação de diagrafias de furo e com base nisso fazer cálculos de porosidade, permeabilidade e outras propriedades de rochas de reservatórios. Foi um curso interessante e será muito importante para a minha actividade diária”,

Por seu turno, Rudêncio Morais, da ENH, disse que o curso foi importante na medida em que forneceu técnicas que permitem extrair das diagrafias de furo, parâmetros petrofísicos para o cálculo de propriedades petrofísicas de reservatórios de uma determinada área com maior precisão.

O curso, com a duração de uma semana, foi ministrado por formadores da Universidade de Leicester, do Reino Unido.

Texto de Idnórcio Muchanga

aly.muchanga@gmail.com

Editado por Custódio Mugabe

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo