Nacional

Elevar a consciência dos cidadãos

O Primeiro-ministro moçambicano (PM), Carlos Agostinho do Rosário, conferiu posse sexta-feira última, em Maputo, à jornalista Emília Moiane para o cargo de directora do Gabinete de Informação (GABINFO).

O Primeiro-ministro, Carlos Agostinho do Rosário, exortou na ocasião à nova directora do Gabinete de Informação (GABINFO), Emília Moiane, para que procure elevar o nível de consciência social, educacional e cultural dos cidadãos através do acesso à informação.

O governante expressou a ideia na tomada de posse da antiga chefe de Redacção da Televisão de Moçambique (TVM), Emília Moiane, como directora do GABINFO em substituição de Ezequiel Mavota que ocupava o cargo desde 2012.

É a primeira mulher a ser nomeada para dirigir aquela instituição pública que assessora o Governo em matérias da comunicação social.

Segundo o Primeiro-ministro, o GABINFO deve promover a consolidação da unidade nacional, a defesa dos interesses nacionais, a promoção da democracia e da justiça social.

“O acesso à informação é um direito constitucional de cada cidadão moçambicano e um instrumento fundamental para a afirmação e integração do indivíduo na vida social, factor indispensável para a boa participação na construção de um Moçambique cada vez mais próspero”, disse Carlos Agostinho do Rosário.

O PM acrescentou que a missão daquela instituição é assessorar o Governo em questões específicas da área de informação, exercer a tutela do Estado sobre as instituições estatais e órgãos de comunicação públicos nos termos da Lei de Imprensa e facilitar o acesso dos órgãos de comunicação social e do público em geral à informação sobre as actividades do Governo e outros acontecimentos do país e do mundo.

“É neste âmbito que a informação deve ser vista como um instrumento de formação da consciência patriótica, de reforço da unidade nacional, da consolidação da paz e de promoção da melhoria da qualidade de vida dos cidadãos”, sintetizou o Primeiro-ministro.

Na sua primeira intervenção pública na qualidade de directora do GABINFO, Emília Moiane foi parca em palavras. Apenas afirmou que irá seguir as linhas de orientação traçadas pelo Governo e que foram sublinhadas pelo Primeiro-ministro.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo