DestaqueNacional

Defesa de Renato Matusse diz que crime imputado não é aplicável

O advogado Constantino Gemusse, defensor de Renato Matusse, afirma que o crime de tráfico de influência de que o seu constituinte é acusado só entrou em vigor em 2015, pelo que a lei não pode ser aplicada retroactivamente.

Diz ainda que não compreende que papel terá tido o réu no calote e firma manter as suas alegações anteriores. “Este crime de tráfico de influência, à data dos factos, não existia”.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo