DestaqueNacional

Declarantes assinaram documentos sem ler

Os declarantes até aqui ouvidos pela 6ª Secção do Tribunal Judicial da Cidade de Maputo têm vindo a afirmar que realizaram actos administrativos como assinar actas, relatórios e até contratos de fornecimento, de financiamento e constitutivos sem lerem a documentação.

Conforme referiram os declarantes Joia Hariquene, Victor Bernardo, Eugénio Matlhaba, Henriques Gamito, Ruifo Irá e agora Lucas Ponderante toda a documentação referente à constituição destas empresas foi-lhes entregue já elaborada pelo réu António Carlos do Rosário.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo