DestaqueNacional

Combatente não vai á reforma

-afirma Presidente Nyusi

O Combatente da Luta de Libertação Nacional nunca vai a reforma e o exemplo disso é a sua participação ao lado das Forças de Defesa e Segurança e as suas congéneres da SADC e do Ruanda no combate ao terrorismo em alguns distritos da província de Cabo Delgado.

A convicção é do Presidente da República e da Frelimo que informou que em Março último os combatentes integrados na chamada força da defesa local infringiram duros golpes aos terroristas nos arredores do posto administrativo de Ngapa, distrito de Mueda.
Face ao desafio da luta contra o terrorismo e outros males, os combatentes renovam a sua determinação na busca de soluções para os moçambicanos, incluindo o elevado custo de vida, disse Filipe Nyusi no seu discurso da abertura da VI Conferência Nacional da ACLLN.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo