Nacional

Cinquenta mil pessoas não têm acesso à água potável em Inharrime…

Cerca de cinquenta mil pessoas não têm acesso à água potável, no distrito de Inharrime, sul da província de Inhambane, devido à exiguidade das fontes de abastecimento 

deste precioso líquido.

 

O distrito, com perto de 98 mil pessoas, conta com 139 fontes dispersas operacionais. A taxa de cobertura é de apenas cinquenta e dois por cento, o que significa que milhares de cidadãos nas zonas rurais daquele distrito percorrem dezenas de quilómetros à procura de água potável.

Para minimizar o drama, são necessárias mais 165 fontes de abastecimento, conforme referiu o administrador distrital de Inharrime, Daly Kumanda.

Na vila sede há promessas do arranque, nos próximos meses, das obras de reabilitação do pequeno sistema paralisado há longos anos devido ao seu avançado estado de degradação.

Kumanda reconhece ser deveras preocupante a situação de água nas cinco localidades daquele distrito, por tal pede parcerias para que possam ser implantadas novas fontes.

Dados em nosso poder, referem que, este ano, o governo daquele distrito conseguiu construir sete fontes dos dez planificados. Também foi possível a reabilitação de cinco furos dos oito inoperacionais.

Entretanto, está em construção um mini sistema de abastecimento de água na comunidade de Chingume na localidade de Mahalamba

‘É um esforço que não chega nem para minimizar a crise, mas é o que conseguimos fazer’, indicou o administrador de Inharrime, que acrescentou que no âmbito da nova política de abastecimento de água baseada no princípio de procura oitenta e seis comunidades manifestaram pedidos de abertura de fontes, mais ainda não há orçamento para responder satisfatoriamente este pedido.

Adiante revelou que aquelas comunidades já fizeram contribuições suficientes para a manutenção das fontes, como reza a nova política, só que ‘o governo do distrito ainda não tem cabimento orçamental para levar adiante o projecto’, sublinhou o administrador de Inharrime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo