Nacional

Cidadão norte-americano assassinado

Um suposto cidadão norte-americano identificado por Douglas Elvik Vaugh foi assassinado na madrugada de ontem pela esposa, com recurso a uma enxada no Posto Administrativo da Matola-Rio, município de Maputo.

A vítima, que era missionária da Igreja Comunhão na Colheita – Ministério Arco-íris, foi atingida por três golpes na sequência de uma discussão com a mulher, cidadã moçambicana identificada por Emília Machava, de 34 anos de idade.
O crime deu-se pouco depois das 23.00 horas, altura em que o casal iniciou mais uma das discussões que eram frequentes entre eles, com objectivo de obrigar a mulher, com quem vivia há mais de dois anos, a abandonar a casa.
Emília Machava explicou que a discussão durou pouco mais de trinta minutos, até que Douglas decidiu sair do quarto em busca de uma enxada para agredi-la. A viúva, que alegadamente se sentiu intimidada, terá levado o instrumento e aplicado golpes na cabeça do malogrado que caiu imobilizado no quarto. A seguir, Emília pediu ajuda à empregada, Hortência Zandamela, de 20 anos de idade, para transportar o corpo do malogrado até ao quintal.

Idnórcio Muchanga

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo