Nacional

Cidadão encontrado com urnas escapa linchamento

Um cidadão moçambicano encontrado na posse de urnas com boletins de voto escapou a um linchamento no bairro da Munhava, arredores na cidade da Beira, província de Sofala.

O indiciado disse ter levado o material encontrado na sua posse por ordens do Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE), a nível da cidade da Beira, e devia distribuir pelas mesas de voto nas assembleias de voto abertas em Munhava.

Eu trouxe o material e vinha distribuir pelas mesas de voto, mas quando cheguei disseram que o material estava a mais e tem que levar para ir entregar no armazém”, explicou o homem cuja identidade não possível apurar na nota de reportagem da STV.

Reagindo a situação, Arnaldo Bissopa, representante do STAE a nível da província e chefe adjunto de formação e educação cívica, disse que não tinha informação sobre a presença daquele cidadão, sendo que as pessoas que deviam distribuir material já cumpriram a missão.

Não o conheço. Esse é o erro que o STAE provincial tem, porque recruta as pessoas internamente. Ele não devia estar aqui. Pode ser um funcionário que lá temos, mas não faz parte das operações”, disse Bissopa.

Idnórcio Muchanga

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo