DestaqueNacional

Chefe do Estado vai ao parlamento

O Presidente da República, Filipe Nyusi, subirá ao pódio da Assembleia da República, na quinta-feira, 16 de Dezembro, para fazer um diagnóstico do Estado da Nação através do Informe Anual, no cumprimento de uma formalidade constitucional.

O informe do Chefe do Estado vai acontecer numa altura em que Moçambique enfrenta vários desafios que afectam o bem-estar da população.

Entre tais desafios se pode destacar o combate ao terrorismo e à auto-proclamada Junta Militar da Renamo, cujos ataques provocam o deslocamento da população de um lugar para o outro, deixando, desta feita, de se dedicar às suas actividades de subsistência.

De igual modo, à semelhança do que acontece pelo mundo fora, o país pode estar na iminência de uma quarta vaga da Covid-19, o que exige um redobrar de esforços na observância das medidas de prevenção da doença.

Na antevisão, domingo conversou com deputados da Frelimo, Renamo e do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), os quais entendem que o discurso do Presidente da República não andará longe dos desafios anteriormente apresentados.

O deputado da Frelimo Caifadine Manasse disse esperar que, à semelhança dos anos passados, o Informe Anual do Estado Geral da Nação retrate as vivências do país e que destaque a força e resiliência do povo moçambicano às mais variadas adversidades. Leia mais…

Texto de Maria de lurdes Cossa
malu.cossa@snoticicas.co.mz

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo