Nacional

Cemitérios municipais beneficiam de limpeza

Cemitérios municipais na cidade de Maputo estão a beneficiar de limpeza, no quadro de um programa da edilidade, que envolve equipas especializadas. O objectivo é conferir melhor imagem àqueles lugares santos.

domingo apurou que o trabalho consiste na retirada de capim no recinto dos cemitérios, como forma não só de alterar o actual cenário, assim como de garantir melhores condições de segurança para aqueles que visitam os seus ente queridos.

De acordo com a directora adjunta de Salubridade e Cemitérios, Domingas Romão, pretende-se que a actividade de limpeza dos chamados lugares santos seja levada a cabo de forma permanente.

Para assegurar a realização daquele objectivo, a edilidade está a contratar trabalhadores sazonais que deverão desenvolver o trabalho em todos os cemitérios oficiais da cidade.

Com efeito, recentemente trabalhos de limpeza iniciaram no Cemitério de Mwaxidjuko, localizado no bairro de Zimpeto, tendo contado, para além do pessoal contratado, com envolvimento de elementos das Forças Armadas de Defesa e Segurança (FADM). De referir que, o referido cemitério, que foi aberto a título familiar, está agora a admitir inumações de pessoas fora desta esfera.

A fonte dos serviços de Salubridade e Cemitérios garantiu ao domingo que, na fase seguinte, terão lugar actividades similares nos cemitérios de “Mwaxitsena” e “Romão”, no Distrito Municipal de KaMavota.

Soubemos igualmente que no Cemitério de Mwaxitsena, nas Mahotas, será realizado um trabalho de retirada de árvores, com o objectivo de melhorar o aspecto daquele lugar.

Vedação de “Mwaxidjuko” vai avançar

O Conselho Municipal assegurou que o processo de vedação do Cemitério de Mwaxidjuko, situado no bairro do Zimpeto, na cidade de Maputo, poderá ter lugar ainda no corrente ano.

De acordo com Domingas Romão, o concurso público para seleccionar a empresa que irá levar a cabo a empreitada deverá ser lançado em breve, um empreendimento que tem como objectivo garantir que as campas ali existentes não fiquem expostas aos olhares de populares que atravessam aquele local.

Desde que foi devastada a mata que cobria as campas, os populares que residem nas zonas circundantes exigem que a edilidade coloque vedação naquele lugar santo.

Cabritos comem

flores nas campas

Cabritos pertencentes a alguns moradores circunvizinhos ao Cemitério de Mwaxidjuko, no Zimpeto, transformaram o recinto daquele lugar santo em área preferencial de pastagem.

Os cabritos, com algum comportamento irrequieto, saltam entre as campas ali existentes, ora destruindo vasos, ora comendo tudo que lhes apetecer, incluindo flores, sendo que, este facto está a gerar algum clima de mal-estar entre os familiares das pessoas que foram ali sepultadas e o pessoal do Conselho Municipal de Maputo.

Com efeito, terão sido notificadas quatro famílias, cujo processo que deverá ser dirimido ao nível da Administração do Distrito Municipal de KaMubukwana.

Benjamim Wilson
benjamim_wilson@yahoo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo