Nacional

CDM investe em acções contra o SIDA

A empresa Cervejas de Moçambique (CDM) tem vindo a investir anualmente um montante em cerca de 6 milhões de meticais (cerca de 200 mil dólares norte-americanos) em acções destinadas à prevenção e diagnóstico 

para despiste de HIV no nosso País.Na semana passada, a cidade da Beira, na província de Sofala, acolheu, uma Feira de Saúde que consistiu numa marcha, medição da tensão arterial, glicemia, avaliação do índice de massa corporal, demonstração sobre alimentação saudável, aconselhamento médico e serviços de oftalmologia.

Organizado  pela Direcção Provincial de Saúde de Sofala, o evento contou ainda com demonstrações sobre o uso correcto das redes mosquiteiras, lavagem das mãos e ginástica rítmica.

A  empresa Cervejas de Moçambique participou na feira,  promovendo  acções de prevenção e diagnóstico para despiste do HIV, através de testagem voluntária, isto no quadro da sua política de Responsabilidade Social.

No âmbito do seu compromisso para com as comunidades, a cervejeira nacional tem procurado “ao nível local, associar-se aos municípios e governos provinciais, para encontrar respostas que, de uma ou de outra maneira, possam contribuir para o bem-estar das comunidades, como por exemplo, investimentos em fontanários, saúde, construção e reabilitação de escolas, na área da Educação, para além da promoção de políticas de prevenção e combate a doenças infecciosas e outras pandemias no geral”, segundo acrescentou José Moreira. 

A CDM é uma subsidiária da  SABMiller, cotada na Bolsa de Valores de Moçambique,   com três fábricas de cerveja em Maputo, Beira e Nampula, oito depósitos de vendas, empregando no Pais mais de 1.000 trabalhadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo