Nacional

CD financia sistema de abastecimento de água em Minicua

Cerca de três mil pessoas beneficiam já do sistema de captação e abastecimento de água construído no bairro de Minicua, em Rapale, financiado pela Cervejas de Moçambique (CDM), que investiu cerca de 80 mil dólares americanos em infra-estruturas de raiz.

 O sistema foi inaugurado recentemente pelo Governador da Província de Nampula, Víctor Borges, que enalteceu a parceria com a CDM e apelou à boa gestão do sistema pelos próprios moradores de Minicua.

Armindo Gove, Administrador de Rapale, afirmou que “o sistema ora inaugurado vai trazer benefícios importantes na saúde pública e vai trazer a possibilidade de um incremento das actividades agrícolas e da avicultura”.

Para José Moreira, Administrador da Cervejas de Moçambique, “ na qualidade de empresa socialmente responsável, a Cervejas de Moçambique associa-se aos esforços que o Governo moçambicano tem vindo a desenvolver para que cada vez mais moçambicanos possam ter acesso à água potável. Queremos, com esta e outras acções que temos vindo a realizar, contribuir para o desenvolvimento sustentável de Moçambique.”.

Com o sistema, os moradores de Minicua deixam de percorrer cerca de 1,5 quilómetro para o rio em busca de água ou de ficar longas horas na fila para acederem ao único ponto de abastecimento de água. A distância percorrida para ter acesso à água passa a ser agora de cerca de 200 metros em média.

O sistema de captação e abastecimento de água é composto por uma torre com depósitos de água com a capacidade total de 10 mil litros, ligações de água para o Centro de Saúde de Rapale e para 4 fontenárias, que possuem, cada uma delas, 2 torneiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo