Nacional

Caçadores furtivos destroem viaturas do PNL

Um grupo de caçadores furtivos que opera no interior do Parque Nacional do Limpopo (PNL), na parte oriental da província de Gaza, arrancou 14 pares de uniforme de fiscais e destruiu duas viaturas pertencentes à administração daquela área de conservação, num acto de vingança contra a detenção de um comparsa pelos fiscais do PNL.

Dados em nosso poder indicam que as equipas de fiscalização do PNL terão levado a cabo uma acção de controlo mais apertado na zona de Makhandazulu, a norte do PNL, que era usada como corredor preferencial de caçadores furtivos nas suas incursões de caça ao rinoceronte no Parque Nacional de Kruger (Kruger Park) da África do Sul.

Na sequência dessa acção, um caçador furtivo terá sido detido com a respectiva arma e os restantes integrantes do grupo terão se escapulido e emboscado os fiscais numa das picadas turísticas de Makhandazulu, acto que culminou com a destruição da primeira viatura, cujos ocupantes conseguiram sair do local sem danos humanos de lamentar.

Porque os caçadores furtivos estavam enfurecidos, fontes do PNL indicam que estes terão montado barricadas num outro local e, quando uma segunda viatura do PNL pretendia atravessar o local, foi atacada, destruída e, acto contínuo, os caçadores violentaram um fiscal que posteriormente veio a ser atendido numa unidade hospitalar local e recolheram 14 pares de uniforme dos fiscais.

Fontes bem colocadas ao nível do PNL salientam que os caçadores furtivos de rinocerontes tem estado a assumir a área de Makhandazulu como seu “quartel general” a ponto de, depois destes actos, não haver coragem suficiente por parte dos fiscais de se reestabelecerem naquela região, tendo em conta as ameaças proferidas por aqueles malfeitores armados.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo