DestaqueNacional

Barcos tinham acima de 40 inconformidades

Abílio Tomé diz que barcos da EMATUM tinham degraus que ultrapassavam a altura dos joelhos, ferrugem nos tanques de água para consumo dos marinheiros e ventiladores incompatíveis para a respiração de quem estivesse no convés.

Indicou que as portas das saídas de emergência eram tão pesadas que só poderiam ser abertas por 3 marinheiros. Ajustou que havia mais de 40 inconformidades naquelas embarcações.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo