DestaqueNacional

Barcos da EMATUM eram apenas vocacionados à pesca

O declarante Agi Anlawe afirma em juízo e sob juramento que as embarcações adstritas à EMATUM com as quais tomou contacto não tinham fins militares, mas sim, a pesca.

Esta declaração coloca em xeque o depoimento do réu António Carlos do Rosário que sempre defendeu que os barcos da EMATUM visavam fins militares dissimulados em actividades pesqueiras.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo