DestaqueNacional

Barcos chegaram e não havia marinheiros

Enquanto resolvia o problema da Assembleia Geral, Cristina Matavele disse que tomou conhecimento da chegada das primeiras seis embarcações, numa altura em que a empresa não tinha contratado marinheiros.

“Tivemos que solicitar o apoio da empresa MD Consultores para ajudar a contratar marinheiros. Mas a pesca do atum exige algumas técnicas que não eram dominadas pelos marinheiros nacionais, nomeadamente a pesca de palangre (a linha), o que nos obrigou a contratar marinheiros. Um malgaxe, dois uruguaios e três indonésios”, disse.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo