Nacional

Ausência de infra-estruturas de retenção incrementa risco de cheias na SADC

O ciclone Idai, que atingiu Moçambique, Zimbabwe e Malawi, transportou consideráveis volumes de água e colocou a nu as fragilidades dos estados-membros no concernente à construção de infra-estruturas hidráulicas de retenção e armazenamento.

A SADC tem 15 rios internacionais. As bacias hidrográficas internacionais variam da grande Bacia do Congo (3,730,470㎢) no norte para a pequena Bacia de Umbeluzi (5,500㎢) no sudeste.

Estima-se que 70% de recursos hídricos da região da SADC são compartilhados por mais de um país, impondo-se, segundo Agostinho Vilanculos, chefe do Departamento de Bacias Hidrográficas, políticas assentes em infra-estruturas visando a efectiva integração regional e combate certo contra as calamidades.

Texto de Bento Venâncio
bento.venancio@snoticicas.co.mz

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo