Nacional

Arranca asfaltagem da estrada N4 – Machava Socimol

Arrancam esta semana as obras de asfaltagem da estrada N4 – Machava, no Município da Matola, num investimento estimado em 65 milhões de meticais.

Com uma extensão estimada em seis quilómetros, a via atravessa o populoso bairro de Tsalala, revelando-se estratégica na medida em que permite, a partir da EN4, o acesso a zonas com muitos moradores, nomeadamente Bunhiça, MachavaSocimol, Nkobe e Matola Gare.

A base da via para receber o asfalto já está compactada e esta semana inicia o processo de asfaltagem, que deverá durar um mês. A empreitada está a cargo da firma JJR Moçambique, seleccionada através de concurso público.

O início das obras sofreu um ligeiro atraso devido a necessidade de harmonizar o traçado da via numa secção de aproximadamente 200 metros, na qual as vedações de alguns quintais tinham invadido o espaço reservado a estrada.

Depois de sucessivas reuniões com os moradores abrangidos, o Conselho Municipal da Matola viu-se obrigado a derrubar alguns muros para viabilizar a infra-estrutura e restabelecer o limite legal dos talhões.

A respeito, o Vereador do Posto Administrativo Municipal da Machava, Armando Cuambe, disse ao domingo que não é prática do município derrubar infra-estruturas como se propala, mas existem casos extremos que é necessário proteger o interesse público.

– Estávamos perante uma situação ilegal e havia necessidade de iniciarmos com a construção da estrada. Esta obra vai beneficiar milhares de munícipes, não apenas residentes do bairro Tsalala. Esta estrada em asfalto vai acelerar o nosso compromisso de desenvolver a Matola. Tivemos de reduzir dois metros de alguns quintais, referiu Cuambe.

Tal como apurámos, a via terá sinalização vertical e horizontal em toda sua extensão para evitar acidentes de viação, sobretudo atropelamentos, dado que a estrada atravessa um bairro populoso.

Cuambe assegurou a construção de lombas e o controlo de carga, uma vez aquela via ser bastante solicitada por camiões de grande tonelagem que contornam a fiscalização da báscula montada no bairro Mussumbuluko, na berma da Estrada Maputo – Witbank (EN4).

Entretanto, a edilidade da Matola vai iniciar dentro de dias a asfaltagem de cerca de sete quilómetros da estrada ligando os bairros T3 e Khongolote, no Posto Administrativo Municipal do Infulene.

A empreitada integra o projecto de construção de 18 quilómetros da estrada T3 – Boquisso, pelo que faltarão cerca de 11 metros para completar o programado. A edilidade optou por asfaltar parcialmente a via devido a exiguidade de fundos.

Armando Cuambe referiu que aquela via será a principal alternativa para aliviar o congestionamento do tráfego que se verifica actualmente no bairro Zona Verde, resultante da falta duma outra via em condições para responder à demanda de residentes dos bairros Khongolote, 1° de Maio, Mapandane e Zimpeto, este último do Município de Maputo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo