DestaqueNacional

APÓS DOIS ANOS DE PARALISAÇÃO: Retomam comboios de passageiros de longo curso

O transporte ferroviário de passageiros de longo curso volta a circular a partir do dia 10 de Dezembro próximo nas zonas sul e centro do país, após cerca de dois anos completamente paralisado, devido ao impacto negativo da pandemia do novo coronavírus.

O director do Gabinete de Comunicação e Imagens da Empresa Pública Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM), Adélio Dias, disse que, numa primeira fase, os comboios vão circular nas linhas de Ressano Garcia, Goba, Limpopo e de Sena.

Assim, na zona sul, a retoma do transporte ferroviário de passageiros será entre Maputo-Moamba, na linha de Ressano Garcia; Maputo-Goba, na linha de Goba; e de Maputo e Manhiça, na linha de Limpopo.

Já na zona centro do país, a fonte adianta que, inicialmente, na linha de Sena o comboio de passageiros vai circular entre estações ferroviárias da Beira e Inhaminga.

Para os restantes destinos ferroviários, o processo será efectivado posteriormente.

Trata-se, segundo Adélio Dias, de uma actividade de responsabilidade social para garantir a mobilidade e acessibilidade dos passageiros ao transporte ferroviário.

Dados adicionais indicam ainda que, para garantir maior segurança e conforto dos passageiros, a empresa CFM vai aumentar substancialmente as carruagens em todas as suas ferrovias.

Durante os dois anos de suspensão dos comboios de passageiros, a vida das comunidades rurais ao longo do traçado das linhas-férreas, particularmente no sul e centro do país, conheceu um impacto significativo negativo, sobretudo, com a subida do preço de produtos de primeira necessidade, material de construção civil, electrodomésticos, aparelhagem, motorizadas, bicicletas, entre outros.

O mesmo cenário também aconteceu nos principais centros urbanos, concretamente no abastecimento de produtos agrícolas, pescado, animais, entre outros.

A nível mundial, o transporte de comboio é considerado mais barato e seguro.

TEXTO DE HORÁCIO JOÃO

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo