DestaqueNacional

Alcançado fecho da  Central Térmica de Temane

A Electricidade de Moçambique (EDM), a Sasol e a Globeleq alcançaram o fecho financeiro com as instituições financeiras que irão desembolsar os recursos para a construção da Central Térmica de Temane (CTT), a gás natural, com capacidade instalada de 450 MW

O projecto da central térmica de Temane é orçado em cerca de 700 milhões de dólares norte-americanos.

Os fundos para o projecto serão desembolsados pelo IFC (braço financeiro do Banco Mundial de apoio ao sector privado), FMO, Emerging Africa Infraestruture Fund, o braço de apoio ao sector privado, US-International Development Finance Corporation (DFC) e o OPEC Fund for International Development.

Ao Abrigo do fecho financeiro alcançado, o Banco Mundial vai prestar um seguro de risco parcial (PRG) e a Multilateral Investment Guarantee Agency (MIGA) dará cobertura de risco político aos investidores privados no empreendimento.

Localizado em Temane, província de Inhambane, a CTT vai gerar energia que será fornecida à EDM por um período de 25 anos.

Espera-se que a central leve electricidade a 1,5 milhão de famílias e que contribua para dar resposta à procura crescente de energia no país, além de poder aumentar a exportação de  energia para os países da região.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo