DestaqueNacional

Aktek estranhou pagamento de obras em numerário

Italma Pereira descreveu que enquanto se relacionou com a ré Ângela Leão estranhou o facto de os pagamentos das obras serem feitos pela empresa construtora, M Moçambique Construções, a quem a Arktek devia fiscalizar o que, segundo a declarante, levantava suspeitas e problemas éticos.

Referiu ainda que estranhou que parte do pagamento das obras fosse feito em numerário, facto que também criou embaraços à declarante.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo