Nacional

Aeroporto em Gaza

A vontade supera todos os obstáculos na vida. A província de Gaza passou a ter um aeroporto operacional desde o início da semana. Majestoso, desenho arquitectónico sem comparação, a mais recente infra-estrutura fez saltar para a ribalta a localidade de Nhacutse. Já se pode viajar para Xai-Xai de avião. A inauguração foi motivo de festa. Abriram-se novas possibilidades, conforme realçou a governadora Margarida Mapandzene.

Principal destino turístico, também rico na actividade agrícola e pecuária, a província espreita a oportunidade de escoar de forma rápida a sua produção. As autoridades não escondem a alegria perante a eminência da entrada de novos investimentos.

A distância mínima num jato Embraer é de sensivelmente 35 minutos de Maputo a Chonguene. Para Johanesburg a distância via aérea deve também durar menos de uma hora. Para as operações de busca, evacuação e abastecimento logístico o novo aeroporto torna-se na principal plataforma.

A infra-estrutura aeroportuária custou 70 milhões de dólares americanos doados pelo governo da China e tornou-se num presente de Natal antecipado para a população de Gaza.

Os traços arquitectónicos ao estilo asiático vão fazer do aeroporto uma das centralidades ao longo dos próximos tempos, com o movimento de aterragem e decolagem de aeronaves.

Foi rija a celebração da recepção do primeiro aeroporto de Gaza.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo