Nacional

Aderência dos alunos é fraca

– Lizete Luis, directora adjunta-pedagógica da Escola Secundária Eduardo Mondlane

A Escola Secundária Eduardo Mondlane é o único estabelecimento de ensino que conseguiu, pelo menos, matricular, no primeiro dia, 17 alunos da 8ª classe e 20 da 10ª, números considerados recordes, se se tiver em contar que nas outras escolas não se registou qualquer estudante.

Lizete Chacala Luis, directora adjunta pedagógica daquela escola de ensino secundário geral do primeiro ciclo, disse à nossa reportagem que a situação de matrículas nesta fase do ano é deveras crítica, pois, segundo suas palavras, os pais não se fazem às escolas, preferindo deixar tudo para o último dia, como tem sido hábito.

Para Chacala, este comportamento tem efeitos negativos, uma vez que as enchentes nos últimos dias de matrículas não só desplanificam a própria escola, como também cria condições para que alguns alunos não se preparem a tempo para as aulas, para além de influenciar negativamente o rendimento das crianças por causa do stress causado pela incerteza de conseguir ou não vaga das escolas.

“Nós, como escola, estamos preparados para enfrentar, com sucesso, o presente ano lectivo, uma vez que tudo o que diz respeito ao processo de matrículas, bem como o funcionamento da escola, está pronto”, explicou Lizete Chacala Luís, ao mesmo tempo que garantia que as metas de matrículas atribuídas à escola seriam rigorosamente cumpridas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo