DestaqueNacional

ACORDOS DE LUSAKA: Quando um “galo” anuncia a vitória

Enquanto se rubricavam os Acordos de Lusaka, a 7 de Setembro de 1974, que culminariam com a Independência de Moçambique, a 25 de Junho de 1975, alguns colonos portugueses conservadores e radicais insurgiram-se ocupando, entre outros pontos, a então Rádio Clube de Moçambique, hoje Rádio Moçambique.

Indignados, jovens e adultos uniram-se para uma grande resistência que ficou conhecida como operação “Galo, Galo, Amanheceu”. Aurélio Le Bon foi um dos protagonistas desta operação que, felizmente, foi bem sucedida e consta que, usando os microfones da actual Rádio Moçambique (RM), no dia 10 de Setembro, anunciou a senha “galo, galo, amanheceu”.

Travava assim a população que já chegava ao centro da então Lourenço Marques, hoje cidade de Maputo, para uma grande luta entre esta e o grupo de colonos que resistiam aos derradeiros esforços para a Independência Nacional. Em entrevista a este jornal, Aurélio Le Bon reconstitui alguns factos.

TEXTO DE MARIA DE LURDES COSSA

malu.cossa@snoticicas.co.mz

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo