DICAS DA VOVÓ: Ele nunca vai dizer que não te quer

- vovó Palmira Matsimbe, residente em Maputo, ao domingo

Tem-se dito que pau que nasce torto nunca se indireita. Nesta ordem de ideias, e afinando para as relações afectivas, questiona-se por que motivo o ser humano insiste em bater na mesma tecla, se desse instrumento somente saem sons belicosos.

Ora, o que está em causa é especificamente aquele tipo de relações que não levam a porto nenhum, que desgastam e magoam, mas, mesmo assim, a mulher insiste em nome de uma causa inexistente. E é sobre isto que a vovó Palmira Matsimbe fala, em conversa com o jornal domingo. Ela faz referência àquelas que “não têm auto-estima, que insistem mesmo quando o homem dá sinais de que só está ali por desporto”. Para a vovó Palmira, o melhor mesmo é dar costas e viver a vida longe dessas chateações, até porque “esse homem está a fazer a vida dele. O melhor é recuar, não perca o teu tempo, quando uma coisa não dá”. Justificando-se, a avó do domingo diz: “É preciso prestar atenção nos sinais de Deus. Ele mostra que este homem não é a melhor coisa para si. Há casos de pessoas que chegam a casar, fazem filhos, mas depois se separam. Se não estiver escrito, não ficarás com ele. E homem nunca vai dizer que não te quer. Ele vai ‘te aproveitar’ até tu reconheceres que o melhor é colocar um ponto final”, rematou a conversa com o semanário domingo.

 

 

 

Classifique este item
(0 votes)