Print this page

MUITO A PROPÓSITO DA INSISTÊNCIA NO RELAXAMENTO E RETOMA DOS CULTOS PELOS LÍDERES RELIGIOSOS

Jullho 18, 2020 1969

Hoje, vamos falar de um assunto extremamente sensível, porque fere susceptibilidades. Sim, tenho a certeza absoluta disso. Porque falar sobre a nossa religiosidade é algo complicado e difícil de aceitar por parte de pessoas com tendência para se ofender ou ficar ressentidas e melindradas com certas verdades, porque se acham que só elas é que são donas de toda a verdade irrefutável, por conseguinte, donas do mundo.

Mas, “prontos, let’s go ahead together”, como diriam os falantes da língua de William (Guilherme) Shakespeare, esse britânico tido como o maior escritor do idioma inglês. Homem que nasceu e faleceu na mesma data, mas em anos diferentes obviamente. (nasceu a 23 de Abril de 1564 e faleceu a 23 de Abril de 1616). Como tenho vindo a escrever neste meu/nosso cantinho sagrado, o terrível novo coronavírus (a covid-19) é um mal que trouxe alguns benefícios, como sejam algumas regras básicas de boas maneiras. Exemplificativamente, eu aprendi durante este estado de emergência a usufruir dos benefícios de um bom sono. Ter uma noite revigorante é um privilégio para poucos. Porque como julgo que todos sabemos (ou deveríamos saber) o sono é uma das bênçãos que recebemos de Deus. Um tempo de descanso. Tempo de renovo do nosso corpo físico, o que nos ajuda a lidar com as pressões do dia-a-dia. O meu psicólogo clínico ao mesmo tempo meu gerontologista (médico que estuda o processo do meu envelhecimento e o que fazer para eu ter uma melhor qualidade de vida ao longo destes meus últimos anos) diz-me sempre que, assim como a quantidade, a qualidade do repouso é indispensável para a saúde do corpo e da mente. Diz-me ainda que muitas pessoas que não desfrutam da bênção do sono sofrem com insónias, o que acaba interferindo na qualidade de vida delas. “Prontos”, esta introdução vem mesmo a propósito da insistente exigência no relaxamento e retoma por parte de alguns líderes, senão mesmo todos os líderes religiosas. Leia mais...

 

Por Kandiyane Wa Matuva Kandiya

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)