Print this page

Sancionar, pesadamente, os infractores

Maio 02, 2020 1689

1.º de Maio, Dia Internacional do Trabalhador, foi na passada sexta-feira. Desta vez as celebrações ficaram aquém do desejado. Não houve carros alegóricos. “T-shirts”. Capulanas. Dísticos. Megafones. Danças. Canto. Discursos de ocasião. Convívio entre colegas de trabalho. Mirones. Nada.

O culpado desta situação tem nome: covid-19. Prontos. Para o ano as coisas serão diferentes. E ainda há poucos meses pensávamos que este 2020 seria de menos constrangimentos. Fartura. Dinheiro. Muito dinheiro.

A vida é como é. A natureza dita a sua lei. Agora, o que não se pode permitir, porque seria grave, é que alguns patrões, sublinho alguns, aproveitem-se da covid-19 para ao arrepio da lei e demais regulamentos que regem as relações laborais violar os direitos dos trabalhadores. Leia mais...

Por André Matola

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)