EM SOFALA: Nyusi recomenda melhor uso de infra-estruturas

O Presidente da República, Filipe Nyusi, orientou, na última sexta- -feira, na cidade da Beira, ao Executivo de Sofala a fazer o máximo aproveitamento das estradas, armazéns e complexos de silos existentes na província.

Nyusi deixou esta recomendação no final de uma visita de algumas horas a esta região do país desta vez sob o tema “Infra-estruturas” depois de ter estado nas províncias de Inhambane e Tete.

O estadista orientou, igualmente, para a necessidade de se prestar uma especial atenção sobre as culturas de maior rentabilidade, no sentido de se privilegiar um modelo em que se envolve o sector empresarial como fomentador da produção.

Incentivou também as trocas interprovinciais de modo a cobrir os distritos deficitários como Búzi, Caia, Chemba, Dondo, Nhamatanda, Machanga, Muanza e Marínguè, que registaram perdas na sua produção durante as cheias.

O Chefe de Estado fez estas recomendações aos órgãos locais do poder do Estado e do Executivo depois de ter constatado que a província registou uma quebra na produção global de 10,3 por cento num valor equivalente a 28,4 mil milhões de Meticais de uma realização de 39,3 por cento.

Apontou como razões para esta quebra os efeitos da covid-19 e o ciclone Idai que, em Março do ano passado, fustigou severamente a cidade da Beira e diferentes pontos da província de Sofala, destruindo infra-estruturas e culturas diversas. Leia mais...

Texto de Eliseu Bento

Classifique este item
(0 votes)