Niassa passa a contar com fonte própria de energia

A província do Niassa passa a contar com uma fonte própria de produção de energia eléctrica depois do lançamento, na semana finda, do projecto de construção de uma central solar em Cuamba que terá uma capacidade de 15 megawatts.

Orçada em 32 milhões de dólares americanos, a infra-estrutura vai canalizar energia eléctrica produzida para a rede nacional, contando com a participação de dois investidores privados que estão em parceria com a empresa Electricidade de Moçambique (EDM), nomeadamente a Globeleq e Source Energia.

Niassa irá ainda beneficiar de duas outras infra-estruturas de geração, sendo uma em Cuamba e outra na cidade de Lichinga, no quadro do programa de leilões, lançado pelo Presidente da República, Filipe Nyusi, em Setembro do ano passado.

Também está prevista a construção de outras centrais de escala, alimentadas por fontes renováveis e serão implantadas em Tete, Sofala, Inhambane e na província de Maputo.

Segundo o ministro de Recursos Naturais e Energia, Max Tonela, o Governo estabeleceu o desenvolvimento de infra-estruturas económicas e sociais como uma prioridade no quadro do seu programa quinquenal. Leia mais...

Classifique este item
(0 votes)