CONFERÊNCIA DE INVESTIDORES DA ZAMBÉZIA: PM pede compromissos claros

 

O Primeiro-Ministro (PM), Carlos Agostinho do Rosário, orientou os participantes da Conferência de Investidores da província da Zambézia a firmarem compromissos claros sobre a implementação de iniciativas e projectos em áreas como Agricultura, Industrialização e Logística de Transporte, bem assim a mobilização de fundos para a implementação efectiva dos acordos a serem assinados.

O governante que falava esta manhã em Mocuba na abertura do evento exortou ainda aos participantes a não se limitarem à troca de ideias e de informações sobre as potencialidades, mas fazer uma discussão profunda sobre as melhores formas de materialização de negócios incluindo a mobilização de recursos financeiros necessários para que as coisas aconteçam efectivamente. 

Apelou ainda ao empresariado a explorar o fórum de negócios em função dos interesses e áreas específicas de investimentos. Este exercício irá permitir que os diferentes actores possam analisar conjuntamente como estabelecer compromissos e firmar parcerias frutíferas que culminem com a materialização de projectos concretos com os respectivos programas e cronogramas de actividades.

Para o Primeiro-Ministro, a industrialização requer o desenvolvimento de infra-estruturas de apoio à produção, tais como energia, abastecimento de água e logística de transporte. É por isso que, no decurso desta conferência devemos aprofundar os melhores caminhos para o estabelecimento de mais sinergias e parcerias entre o Governo e o sector privado nacional e estrangeiro com vista ao desenvolvimento de infra-estruturas de apoio a produção.

No seu entender ao se investir na construção de mais infra-estruturas estar-se-á a contribuir para a redução dos custos de transação e a facilitar a ligação entre os diferentes mercados, o que irá concorrer para dinamizar a industrialização de todas regiões do país, incluindo a Zambézia.

Recordou que o Governo tem vindo a construir e/ou reabilitar infra-estruturas de suporte ao desenvolvimento económico, em todo país, para atrair mais investimento e criar mais oportunidades de negócios.

Na província da Zambézia, a título ilustrativo, nos últimos anos foram construídas e reabilitadas várias infra-estruturas, entre as quais, a asfaltagem dos troços Chimuarra - Rio Ligonha, na Estrada Nacional número 1, Nampevo-Gurué, Mocuba-Milange e Mocuba-Lugela.

Também foram construídas várias pontes, com particular realce para as 11 pontes implantadas no troço Ile-Ruaça que permitem ligar a província da Zambézia a do Niassa.

A conferência de investidores termina amanhã e decorre sob o lema: “Industrialização como Factor Dinamizador do Desenvolvimento da província da Zambézia” e visa contribuir de forma significativa para a geração de mais oportunidades de negócio e criação de emprego, sobretudo para os jovens e mulheres desta província.

 

 

Classifique este item
(0 votes)