Inicia construção da central solar de Metoro

O Presidente da República, Filipe Nyusi, procedeu esta manhã ao lançamento da primeira pedra da construção da central solar de Metoro, na província de Cabo Delgado, com capacidade para produzir 40 Megawatts.

Trata-se de um empreendimento inserido na sua iniciativa presidencial de energias renováveis 2020/2025 com objectivo de garantir energia fiável e limpa pelo país até porque a meta é electrificar as sedes de todos postos administrativos antes do fim do presente quinquénio.

Com a conclusão prevista para Agosto do próximo ano, o empreendimento afigura se importante, por um lado, devido ao incremento que poderá representar para a província de Cabo Delgado e, por outro, a redução de perdas da energia gerada a partir ea Hidroeléctrica de Cahora Bassa.

O projecto representa um investimento de 56 milhões de dólares dos quais 40 milhões financiados pela Agência Francesa do Desenvolvimento. Traz um impacto positivo nas comunidades locais na medida em que vai empregar 380 pessoas na fase de construção.

Refira se que este é o segundo projecto do género sendo que o primeiro localiza-se em Mocuba, província da Zambézia, inaugurado há cerca de um ano pelo Chefe do Estado.

Na manga estão também a construção de outras centrais de energias renováveis em Cuamba, província do Niassa, Dondo, em Sofala, uma em Tete e outra em Inhambane, esta última que vai funcionar com base no vento.

A central de Metoro tem a particularidade de poder contribuir com mais de 60 Gigawatts dos 75 necessários para alimentar a cidade de Pemba, capital provincial de Cabo Delgado

 

 

Classifique este item
(0 votes)